Home Lotérica Caixa atende Comissão de Jogos de Lotéricos e autoriza devoluções das extrações janeiro e fevereiro
< Voltar

Caixa atende Comissão de Jogos de Lotéricos e autoriza devoluções das extrações janeiro e fevereiro

22/01/2016

Compartilhe

Analisando a redução das vendas das extrações da Loteria Federal no final do ano, a Comissão de Jogos da FEBRALOT, a qual o SINCOESP faz parte, solicitou à Caixa, a readequação do plano de sorteio da Loteria, para o começo de 2016. Solicitando uma porcentagem a mais de devolução para as Loterias de janeiro, e fevereiro.

A solicitação da Comissão de Jogos foi atendida pela Caixa, conforme e-mail abaixo. Assim, todas as extrações de janeiro, e não apenas a Milionária, contam com uma autorização de encalhe.

Mais uma vez, o trabalho em conjunto e coordenado, permitiu a solução, mesmo que pontual, de um problema que aflige a categoria, principalmente, em um período tradicional, de vendas reduzidas.

Confira abaixo, a íntegra dos e-mails, a resposta da Caixa, e o pedido da Comissão de Jogos-FEBRALOT:

(1)  Resposta da Caixa

À

FEBRALOT

SINCOESP

A/c Comissão da Loteria Federal

Prezados  Senhores,

1 Excepcionalmente, em função do exposto por este Sindicato e após nossas análises técnicas, autorizamos os encalhes para os sábados de janeiro, haja vista ser o período de menor movimento nas casas lotéricas e, no período de recesso no carnaval (negociado na reunião da Caixa com as Lideranças Lotéricas).

1.1 Desta forma, segue quadro com as autorizações de encalhe para as extrações dos meses de jan e fev: (Veja ao lado) 

 

2  Colocamo-nos à disposição.

Att.

Gerência Nacional de Loterias

Caixa Econômica Federal

 

(2) Solicitação da Comissão de Jogos

De: SINCOESP:

Data: 30 de dezembro, 2015

Para: GELOT

Assunto: LOTERIA FEDERAL DE JANEIRO E FEVEREIRO DE 2016

Prezados,

A comissão de negociação da loteria federal do Sincoesp/Febralot, analisando a situação dos lotéricos vendedores de loteria federal, vem colocar para análise da Gelot/Caixa alguns pontos, para os quais solicitamos providências urgentes a respeito.

1- Salientamos que a CAIXA não considerou encalhes de 5% (cinco por cento) para as extrações 5034-2 de 22 de dezembro de 2015 e extrações 5036-9 de 29 de dezembro de 2015, conforme definidos no cronograma encaminhado à FEBRALOT (e-mail Gelot de 13 de fevereiro de 2015) e cronograma anexo, negociado entre as partes CAIXA/FEBRALOT.

2- Devido ao pouco espaço de tempo para comercialização do bilhete do Natal e do Ano novo, novamente a rede arcou com encalhes maiores que os estabelecidos pelas partes (CAIXA/Lotéricos), sendo nossa previsão do encalhe em torno de 15% (quinze por cento) acima do estabelecido.

Esse excesso de encalhe proporcionou que a bolsa da sé – SP fixassem preços de recompra de R$ 50,00, contra um valor original de R$ 130,00.

3- No início de 2016, em janeiro e fevereiro teremos o período de férias escolares, viagens, descanso anual e nessa época as cidades na sua grande maioria, exceto as voltadas para o turismo, sofrem com a retração do comércio e os lotéricos em particular deverão sofrer novamente com encalhes muito acima dos permitidos, amargando prejuízos consideráveis.

Visto o exposto, nosso pleito é que a Gelot – CAIXA autorize em caráter de excepcionalidade para os meses de janeiro e fevereiro 2016 uma devolução a título de encalhe de 8%, nos bilhetes das extrações de sábados, evitando dessa forma que o lotérico sofra maiores prejuízos.

Tem sentido nosso pedido, visto que o plano de janeiro, fevereiro e março de 2016, foram definidos no final de 2014, com um panorama totalmente controverso do ano de 2015, onde a crise de confiança a inflação e o desemprego foram característica marcante e devem ser levados em consideração.

Isso e tão verdade que na reunião para análise do plano de 2016, a partir de abril, realizada em SP nesse mês, foi registrado um pedido de redução nos números de bilhetes por extração de até 18% (dezoito por cento) passando de 97.000 bilhetes para 80.000 bilhetes/série, permitindo dessa forma que os lotéricos pudessem readequar suas cotas reduzindo seus bilhetes na mesma proporção.

A devolução dos 8% (oito por cento) aos sábados em janeiro, fevereiro de 2016, normalizaria o comercio na rede e compensaria de certa forma as perdas sofridas com os encalhes de 5% (cinco por cento) mencionadas no item 1 – supracitado, e com certeza trará de volta a confiança da força do produto.

Esperando que a Gelot – CAIXA entenda os nossos motivos como justos e bastante ponderados, aguardamos urgente resposta ao nosso pleito.

Sem mais, nossos respeitos.

Comissão de Jogos – FEBRALOT – Espírito Santo, Pará, Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Distrito Federal.